27 fevereiro 2011

Deus, Rei da vida


Hoje um amigo me enviou este texto abaixo. Dele nasceu o acróstico acima e a vontade de compartilhar com vocês que a fé é o que nos move. O meu Deus é o mesmo Deus que mora em teu coração.

O Barbeiro

Era uma vez um homem que foi ao barbeiro.
Enquanto tinha seus cabelos cortados, conversava com o barbeiro.
Falava da vida e de Deus.
Daí a pouco, o barbeiro incrédulo não agüentou e falou:
- Deixa disso, meu caro, Deus não existe!
- Por que?
- Ora, se Deus existisse não haveria tantos doentes, mendigos, pobres, etc... Olhe em volta e veja quanta tristeza. É só andar pelas ruas e enxergar!
- Bem, esta é a sua maneira de pensar, não é?!...
- Sim, Claro!
Concluído o corte, o freguês pagou e foi saindo,
quando avistou um maltrapilho imundo,
com longos e feios cabelos, barba desgrenhada, suja e longa.
Não agüentou, deu meia volta e interpelou o barbeiro:
- Sabe de uma coisa? Não acredito em barbeiros!...
- Como?!...
- Sim! Se existissem barbeiros, não haveria pessoas de barbas e cabelos compridos!
- Ora, existem tais pessoas porque evidentemente elas não vêm a mim!...
- Agora você me respondeu porque as pessoas sofrem tanto... Simplesmente porque não buscam a Deus.

6 comentários:

  1. Que lindo, obrigada por compartilhar... Você é sempre muito querida e generosa!
    Beijos,
    Lu

    ResponderExcluir
  2. Maravilha isso! um beijo,linda semana,chica

    ResponderExcluir
  3. Num texto tão simples falou o que devemos fazer...buscar a Deus.

    "buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração." (Jeremias 29:13)

    Beijos Kekel

    ResponderExcluir
  4. Obrigada amiga pelo selo.só peguei agora ando sumida to de reforma aff
    bjs querida

    ResponderExcluir
  5. Simplismente lindo.

    Bjos amiga Kekel.

    ResponderExcluir

Que bom ter você aqui.
Diga aí para nós: que palavras lhe define?

Obrigadão